quinta-feira, 10 de abril de 2008

Como ser um usuário Linux babaca


Estava eu conversando com alguns amigos sobre sistemas operacionais que gostamos de usar, o quanto é mais fácil, barato, seguro e rápido usar um servidor com Linux instalado e etc. Até que chegamos ao ponto da seguinte questão:

Qual sistema operacional você utiliza no seu Laptop/Desktop ?

Prontamente respondi:

Windows XP no Laptop com maquinas virtuais rodando Linux(s), FreeBSD e OpenSolaris.

Nossa, parece que foi a pior noticia do mundo para algumas pessoas que estavam conversando:

"O QUEEE... você usa Windows como sistema principal na sua maquina ?!?!?!"

Sim, uso o XP, original, em minha máquina e não tenho nenhuma vergonha ou medo de falar isso, e explico porque.

1 - Utilizo ferramentas de criação de sistemas/software da empresa que eu trabalho que não roda no Linux.
Apesar de uma delas ser em JAVA, que funciona perfeitamente, outras 2 ferramentas não rodam bem no linux usando o Wine ou outro emulador, então, utilizo o XP para trabalhar com essas ferramentas.
Há ! tem o Project e o Visio, programas da Microsoft que são para mim e para muitos, as melhores ferramentas do tipo existentes. Existe o Planner e o DIA para linux, mas convenhamos, é uma merda.

Já usei muito o Linux como desktop, adorava usar ele, mas como a necessidade faz o ladrão...

2 - Gosto de jogar e o Linux não é um SO muito amigável para se rodar determinados jogos e muito menos ter aceleração 3D no mesmo nível que o XP. Já tive por um bom tempo Quake 3, Doom 3 e diversos outros jogos rodando em linux com as suas versões para o penguim, mas são raras as softwarehouses que gastam desenvolvendo uma versão para Windows e outra para Linux/MAC. E ultimamente, tenho me acabado no Gears of War, da Microsoft, nos finais de semana que a patroa deixa :D

3 - Linux para mim é para ser usado em SERVIDORES. Isso é fato: Não existe sistema operacional mais estavel para se rodar uma aplicação, como Linux, Unix e suas variantes.

Comecei a usar o Linux em 99 e aquilo sim era desafio para usar ele como desktop, tinha o ICEWM, um KDE beta e um tal de WindowMaker, que foi o meu eleito como desktop preferido em Linux por um bom tempo.

De um tempo para cá, existe o BOOM do Ubuntu. Se eu falar que ele é ruim, estarei mentindo, mas se eu falar que ele é o melhor Desktop que existe, também estarei mentindo. O uso do Linux ficou meio que banalizado, hoje, qualquer um pode usar linux como desktop, mas do que adianta voce usar o linux e não saber como ele funciona por trás e ficar metendo o pau no sistema quando voce não acha um programa ou um joguinho ? Em nada, não faz a mínima idéia de como o Linux em si funciona, e nem se interessa por isso, afinal você é um usuário final. Só sabe que o apt-get é a imagem da perfeição, instala programas e resolve dependências automaticamente. Quero ver se um cara desses pega uma versão antiga do Slack ou do RH para resolver dependências... ele irá desistir na primeira tentativa.

Não deixarei de usar nunca o Linux como servidor, é um paraíso na terra :D :D :D

E para completar, vou colocar alguns fatos que aconteceram comigo ou que me deparei na internet sobre Fanboy(s) de Linux e as merdas que eles falam.

A) Avatar do Tux

Você tem Orkut? Não perca mais tempo! Mostre ao mundo que você usa Linux, e coloque o TUX no seu avatar! De quebra, ainda entre em várias comunidades repletas de seres como você – Linux Brasil, Odeio Windows e outras. Aproveite e coloque no sobre-nome um Powered by Linux ou coisa assim. Entre em comunidades opostas (Windows Vista, por exemplo) e crie vários tópicos dizendo o quanto você odeia o Windows por incapacidade de conseguir utilizá-lo. Anuncie aos quatro ventos que você usa Ubuntu (ou Debian). Todos terão a mais absoluta certeza que você é um idiota.

B) Use Ubuntu, ou alguma distribuição baseada no Debian.

“Ubuntu rulez”. O mundo usa Ubuntu. O Ubuntu desbancou tudo. O Ubuntu é o sistema para usários finais. O Debian é a distribuição mais estável existente, os pacotes são exaustivamente testados e só fica no repositório o que realmente for estável. Ubuntu não vem com drivers proprietários que podem tirar sua liberdade. Você não faz a mínima idéia de como o Linux em si funciona, e nem se interessa por isso, afinal você é um usuário final. Só sabe que o apt-get é a imagem da perfeição, instala programas e resolve dependências automaticamente e quem não usa é idiota e masoquista. Ah sim, todo e qualquer gerenciador de pacotes copia o apt-get.

C) Slackware é difícil/arcaico e você tem pena dos idiotas que usam.

Slackware é difícil. Afinal, tudo é feito na linha de comando. Tudo! Não tem gerenciador de pacotes, tem que ser tudo compilado manualmente! Tudo!!! E eu sou um usuário final!!!! Eu não quero saber de compilar porra nenhuma!!!! Eu tenho o apt-get!!!! Saber como o sistema funciona???? Nããão, uso Ubuntu, é Linux pra seres humanos, não preciso disso!!!!

Adendo: Que usuários Linux são esse? Usuários-tapa-buraco?

C1) Ainda mais idiota: Usa Slackware e se acha. (patético)

É!!!! Slackware é difícil, e eu uso Slackware!!!! Vocês usam Ubuntu/Debian e são inferiores a mim. Eu devia dar aula pra vocês. Usuários Windows então deveriam rastejar aos meus pés!!! Idiotas são vocês, que usam Ubuntu. Não sabem pensar e usam apt-get: n00bs!!!! EU USO PKGTOOL!!!!!

Adendo: Sem comentários… =P

D) Ideologia – Eu quero uma pra viver.

Você odeia a Microsoft. Você odeia tudo o que vem da Microsoft. Você chora de raiva da Microsoft. E você não está nem aí, afinal de contas o Windows trava e todo mundo sabe disso! (hehe). Mas isso não te pertence mais. Afinal de contas, você é usuário de software livre! Você defende com unhas e dentes (ui!) o software livre, a licença GPL e tudo aquilo que ela é pra algum programador!

A idéia é que juntos estamos fazendo um mundo melhor! É outro modelo de desenvolvimento, o software é feito em comunidades, e software que não é OpenSource simplesmente não presta! A Microsoft e a Apple são do mal, por que ainda que também façam Software Livre eles não liberam na licença GPL! DANE-SE se a licença deles é homologada pela OSI. Não te interessa! A Micro$oft é do mal! O sistema operacional e os programas que uso são de código aberto, para qualquer um ver, estudar e modifica-lo para atender suas necessidades! Isso é liberdade!

Adendos:

a) Você não sabe programar nem um hello world em HTML;
b) Você nunca viu o código de fonte de nenhum desses programas.
c) Você não sabe como esses códigos de fonte são disponibilizados.
d) Não, no .deb que vem no apt-get não está o código de fonte, só os binários.
e) Ainda que você visse o código de fonte você não ia entender nada do que está lá.
f) Você escuta MP3 – formato proprietário;
g) Você é viciado em YouTube e adora Flashes – programa proprietário.
h) Você lê PDFs e DOCs – programas proprietários, ainda que o PDF seja padrão OSI;

E) Pirataria!

Pirataria??? Jamais!!! Afinal de contas, você é usuário de software livre. Você usa apenas software livre. Você não formata mais computadores dos seus vizinhos e colegas, só se eles pagarem a licença do Windows. (Ainda assim você instala de má vontade, se eles pagarem). Você devolve o computador com Ubuntu, o dono da máquina usa, acha uó e tem vontade de te matar. Você tenta explicar pra ele a “beleza” do Software Livre, a “independência” do Software Proprietário e a sua luta pessoal contra as coisas da Micro$oft. Mas o teu vizinho não tá nem aí, te manda pra um lugar não muito legal e manda a máquina pra outro “téco” formatar.

Adendos:

a) Você continua escutando MP3 – violação de direito autoral, pirataria;
b) Seu computador tem M$ Windows XisPuta pirata, que você “só usa pra jogar”;
c) Seu M$ Ruindow$ XP tem vários jogos e programas piratas, que você também “quase não usa”.

F) Linux??? Você tá falando do GNU/Linux, né???

Que Linux que nada! O GNU/Linux foi feito com ferramentas da GNU (GCC, Glibc…) e programadores desse movimento filosófico que veio ao mundo para proteger as pessoas da devastação do software proprietário. É GNU/LINUX e ponto final. Azar se o Linios Torovoltos acha que isso é idiotice! O Stallman fala que é pra ser GNU/Linux então é GNU/Linux. Afinal ele tá certo! Ele é um gênio! Azar que o Kernel dele é o maior vaporware do século e que o sistema operacional dele (Emacs) não tem Kernel. É GNU/Linux e pronto. Ouviu bem??? G-N-U/L-I-N-U-X.

Adendo: Ok, manda ele instalar o GNU/FireFox, GNU/Pidgin, GNU/AmaroK…

Conclusões

Admito que também já falei várias das coisas que citei aí em cima. Mas a vida é uma eterna escola, e hoje vejo o quanto eu fui infantil pregando coisas assim. Não é fácil mudar o mundo, nem a mentalidade lesada de um batalhão. Mas as verdades precisam ser ditas. Doa a quem doer. Alguém precisa fazê-lo! =).

Como diz um amigo meu:

O linux é user friendly, mas ele escolhe muito bem os amigos

PS: Aguardo comentários, críticas, xingamentos e etc...

PS2: Stallman é um completo idiota

UPDATE: Galera, esqueci de colocar as fontes das histórias, foi no site do meu amigo Timm - http://timmerman.wordpress.com.

Um post falando de pirataria, codigo fonte e etc e justamente nesse eu esqueço as fontes... falha nossa, mas corrigida.

11 comentários:

Eri Ramos Bastos disse...

Opa... perai... quantos requisitos da lista tem que preencher pra ser classificado como usuario babaca?
huaahuhuahuahua

[]'s

Júlio Mauro disse...

RE: Eri Ramos Bastos disse...
"..."

Depende do tamanho da babaquice que ele mais fala :D :D :D

Ricky disse...

Me diverti muito lendo o POST. hahaha
Sou meio apaixonado por Windows XP e concorco com uma boa parte do que escreveste!

:-)

Rafael Felix disse...

belo post cara. admito q disse algumas dessas frases que vc postou tb, mas com o tempo a gente aprende a deixar certos preconceitos de lado..

apenas uma ressalva: eu prefiro usar linux no desktop qdo possivel sim, pois consigo trabalhar melhor com as ferramentas dele (questão de hábito, não de preconceito ou falso moralismo). mas qdo não tem alternativa (como na empresa em q eu trabalhava antes), uso windows na boa..

Sidrack Junior disse...

Nunca vi nada mais estável que o OS/400 (atual i5). É proprietário, dificil, estranho... mas funfa que é uma beleza.

E, de boa. Quem fala demais sempre fala merda. Deveria virar vendedor e parar de encher o saco de quem poe a mão na massa mesmo.

Bruno Neuberger Leda disse...

vc eh um babaca
rs

Lucas Timm LH disse...

Ei, você não esqueceu de nada não? De publicar as F-O-N-T-E-S?

timmerman disse...

(Ainda bem que leio o teu blog x)

Desculpado!

Rauklei disse...

Pelos "seus criterios" eu me considero um babaca entao, mas sou feliz.
1o. Com a grana q c gastou com a licenca do WinXp eu compraria um belo player para jogar,mas como jogo muito pouco nao o faria;
2o.Se por um azar fosse impossivel utilizar um aplicativo no Linux,por caso do meu trampo, pelo menos usaria ele, o porra do Window, na maquina virtual dentro do Linux e nao o contrario.

Mas fazer o que ne? "quem come prego sabe o cu que tem" :-)

Rodrigo disse...

Como que faz pra programar em HTML, pensei que HTML fosse linguagem de marcação. uAHUHAuHAUHAuHAUAHuAH

Yuri da Silva disse...

a) Por que Tux? Não pode ser "GNU"?
b) Por que não usar Trisquel também?
c) É difícil se foi feito para ser difícil.
c1) Tente Arch também.
d) Não é ódio a software proprietário, é "amor" a software livre.
a)c++
#include
#include
etc.
b)compilei mupen64qt e crabemu
c) no github ou gitorious
d)Vai usar Gentoo!
e)eu estudei ruby, html e c++
f)mp3 tem documentação, só é patenteado
g)conhece a extensão livre do Firefox que converte para html5?
h)quem disse que pdf é proprietário? E também, uso ODF!
e)No Brasil não é, apaguei o ruindows
f) Firefox não tem GNU, Mozilla Firefox. Pidgin.
PS: Minha crítica
PS2:rm -rf /proc/yuri/sysadmday (Minha partição da cabeça)