quarta-feira, 5 de março de 2008

Microsoft se compromete a fazer IE8 compatível com padrões online



Depois da campanha para bloquear o Internet Explorer ontem - 4 de março - ter ido para o vinagre e não ter dado em NADA e também depois da discussão no blog da Flávia sobre o assunto, a microsoft viu o calo dela apertar e prometeu adequar o IE8 ao W3C.

"Segundo o grupo de desenvolvimento do Internet Explorer afirma que novo navegador respeitará três métodos de renderização de páginas.

No primeiro anúncio do tipo desde que se comprometeu em alterar sua postura protecionista e aumentar a interoperabilidade de seus produtos, a Microsoft afirmou nesta segunda-feira (04/03) que seu Internet Explorer 8 terá um método de representar páginas alinhado com padrões online, ao invés do sistema centrado na companhia que integrava todas as versões anteriores do navegador.

A jogada também facilitará o trabalho de desenvolvedores na criação de páginas que renderizam corretamente em múltiplos navegadores, incluindo IE8, Firefox, Safari e outros, sem quebrar as páginas ou exigir novas edições do código.

"Pensando sobre o comportamento do IE8 com estes princípios em mente, interpretando o conteúdo online da maneira mais comprometida com padrões o possível é o melhor a fazer", escreveu um empregado não identificado no IEBlog.

O anúncio ganhou aplausos daqueles que vêm reclamando que a Microsoft usava sua dominação de mercado para evitar tornar o IE compatível com outros navegadores em uma tentativa para forçar desenvolvedores para escolher suportar apenas o software mais popular - o IE.

Cerca de 75% dos usuários de internet usaram algumas das versões do Internet Explorer em fevereiro, segundo dados da Net Applications.

"Entendo e aceitei a decisão anterior da Microsoft que quebrar a convenção com seu próprio engine, mas tenho que dizer que fiquei feliz que eles mudaram esta decisão", escreveu Aaron Gustafson do The Web Standards Project.

"Agora que eles fizeram a mudança, é hora dos desenvolvedores corrigirem seus sites quando o IE8 for oficializado. Em longo prazo, teremos uma internet melhor", afirmou Dion Almaer, co-fundador da comunidade de desenvolvimento online Ajaxian.com.

Todos os navegadores renderizam páginas em diversas maneiras que podem variam em seus graus de obediência aos padrões. O IE8 pode renderizar páginas de três maneiras, segundo a Microsoft.

Uma reflete a atual implementação de padrões online da Microsoft, segundo a empresa, que passa no teste Acid2 e, por isto, "é a preferida por desenvolvedores online".

Outra é baseada na implementação de padrões da Microsoft na época do lançamento do Internet Explorer 7, em 2006. A terceira é baseada em métodos de renderização datados do começo da internet comercial.

A Microsoft já havia dito anteriormente que tornaria o IE8 padrão com o método de renderização do IE7 para manter a compatibilidade com as páginas já criadas para o navegador da companhia."

Vamos ver se realmente isso é verdade, mas pelo menos algumas pessoas dentro da Microsoft tem bom senso e estão querendo melhorar a coisa.

Fonte: IDGNow

Nenhum comentário: