segunda-feira, 31 de março de 2008

Jogo da programação: Como criar nerds desde a tenra idade

- Você quer que seu filho se torne um programador no futuro ?
- Você acha que os seus filhos devem seguir a carreira do pai ?
- Você tem preguiça de aprender a programar lendo manuais chatos e sem figura ?

Se você respondeu a pelo menos uma dessas questões SIM, o presente perfeito para você dar e receber é o C-JUMP.

Usando a corrida na neve como tema, o C-Jump intrdoz conceitos de "if", "else", "switch" e variáveis para crianças a partir dos 11 anos.

clique para ampliar
Acho que essa é uma das coisas mais nerds que eu já vi na vida, tirando os nomes dos cães do meu amigo Eri.Clique para ampliar

quinta-feira, 27 de março de 2008

Matando o Dragão


O que cada programador, usando sua linguagem preferida faz para matar um dragão:

Java - Chega, encontra o dragão, desenvolve um framework para aniquilamento de dragões em múltiplas camadas, escreve vários artigos sobre o framework mas não mata o dragão.

.NET - Chega, olha a idéia do Javanes e a copia, tenta matar o dragão, mas é comido pelo réptil.

C - Chega, olha para o dragão com olhar de desprezo, puxa seu canivete, degola o dragão, encontra a princesa, mas a ignora para ver os últimos checkins no cvs do kernel do linux.

C++ - Cria um canivete básico e vai juntando funcionalidades até ter uma espada complexa que apenas ele consegue entender ... mata o dragão mas trava no meio da ponte por causa dos memory leaks.

COBOL - Chega, olha o dragão, pensa que tá velho demais para conseguir matar um bicho daquele tamanho e pegar a princesa e, então, vai embora.

Pascal - Se prepara durante 10 anos para criar um sistema de aniquilamento de dragão ... chegando lá descobre que o programa só aceita lagartixas como entrada.

VB - Monta uma arma de destruição de dragões a partir de vários componentes, parte pro pau pra cima do dragão e, na hora H, descobre que a espada só funciona durante noites chuvosas...

PL/SQL - Coleta dados de outros matadores de dragão, cria tabelas com N relacionamentos complexidade ternaria, dados em 3 dimensões, OLAP, demora 15 anos para processar a informação. Enquanto isso a princesa virou lésbica.

Ruby - Chega com uma p*t* fama, falando que é o melhor faz tudo, quando vai enfrentar o dragão mostra um videozinho dele matando um dragão ... o dragão come ele de tédio.

Smalltalk - Chega, analisa o dragão e a princesa, vira as costas e vai embora, pois eles são muito inferiores.

Shell - Cria uma arma poderosa para matar os dragões, mas, na hora H, não se lembra como usá-la

Shell(2) - O cara chega no dragão com um script de 2 linhas que mata, corta, stripa, empala, pica em pedacinhos e empalha o bicho, mas na hora q ele roda o script aumenta, engorda, enfurece, e coloca álcool no fogo do dragão.

ASSEMBLY - Acha que tá fazendo o mais certo e enxuto, porém troca um A por D, mata a princesa e transa com o dragão.

Fortran - Chega desenvolve uma solução com 45000 linhas de código, mata o dragão vai ao encontro da princesa ... mas esta o chama de tiuzinho e sai correndo atrás do programador java que era elegante e ficou rico.

FOX PRO - Desenvolve um sistema para matar o dragão, por fora é bunitinho e funciona, mas por dentro está tudo remendado, quando ele vai executar o aniquilador de dragões lembra que esqueceu de indexar os DBF.

ANALISTA DE PROCESSOS - Chega ao dragão com duas toneladas de documentação desenvolvida sobre o processo de se matar um dragão genérico, desenvolve um fluxograma super complexo para libertar a princesa e se casar com ela, convence o dragão que aquilo vai ser bom pra ele, e que não será doloroso. Ao executar o processo ele estima o esforço e o tamanho do estrago que isso vai causar, a assinatura do papa, do buda e do Raul Seixas para o plano, e então compra 2 bombasnucleares, 45 canhões, 1 porta aviões, contrata 300 homens armados até os dentes, quando na verdade necessitaria apenas da espada que estava na sua mão o tempo todo.

CLIPPER - Monta uma rotina que carrega um array de codeblocks para insultar o dragão, cantar a princesa, carregar a espada para memória, moer o dragão, limpar a sujeira, lascar leite condensado com morangos na princesa gostosa, transar com a princesa, tomar banho, ligar o carro, colocar gasolina e voltar pra casa. Na hora de rodar recebe um "Bound Error: Array Access" e o dragão come ele com farinha.

PROGRESS - Entra no castelo procura o dragão e não encontra, pensa que vai ser fácil, Encontra a Princesa tenta dialogar mas como o banco é nativo ela não entende nada, Ele faz um layout de integração via arquivo texto, quando roda dá erro toda hora chama a atenção do dragão que põe fogo no programador, a princesa more de velhice esperando o banco nativo PROGRESS converse com SQL.

Flash - Heim???

Flex - Dragão????

Enviado pela Isabel

quinta-feira, 20 de março de 2008

Os 10 jovens e seus feitos criminosos que fizeram história na internet

Heróis para alguns, bandidos para a maioria, os crackers fazem história na Web. Confira nas páginas a seguir uma seleção dos 10 piores crackers de todos os tempos.


1. Kevin Mitnick
Um dos mais famosos hackers de todos os tempos, Mitnick chegou a roubar 20 mil números de cartões de crédito e assombrava o sistema telefônico dos EUA. Mitnick foi o primeiro hacker a entrar para a lista dos 10 criminosos mais procurados pelo FBI.

2. Adrian Lamo
Na lista de invasões do jovem hacker americano estão os sites da Microsoft, do Yahoo! e do jornal The New York Times.

3. Raphael Gray
O hacker britânico Raphael Gray, 19, foi condenado por roubar 23 mil números de cartões de crédito, entre eles um de Bill Gates.

4. Jonathan James
Preso aos 16 anos, o hacker invadiu uma das agências Departamento de Defesa americano responsável por reduzir a ameaça de armas nucleares, biológicas e químicas. Lá, o jovem instalou um backdoor para roubar senhas de empregados da agência.

5. Jon Lech Johansen
Conhecido como DVD Jon, o hacker norueguês ganhou fama após burlar os sistemas de proteção dos DVDs comerciais. Tais códigos são usados pela indústria cinematográfica para impedir que o conteúdo seja reproduzido em áreas diferentes das de venda.

6. Vladimir Levin
O criminoso russo liderou uma gangue que invadiu computadores do Citibank e desviou US$ 10 milhões, em 1994. Foi preso em Londres um ano depois.


7. Onel de Guzman
Com apenas 23 anos, o filipino Onel de Guzman causou um prejuízo de US$ 10 bilhões com seu vírus "I Love You", que atingiu sistemas de e-mail no mundo todo.

8. Kevin Poulsen
Kevin Poulsen ganhou um Porche em um concurso realizado por uma rádio americana. O 102º ouvinte que telefonasse para a emissora, levava o carro. Poulsen invadiu a central.

9. Robert Morris
O americano, filho do cientista chefe do Centro Nacional de Segurança Computacional dos EUA, espalhou o primeiro worm que infectou milhões de computadores e fez grande parte da Internet entrar em colapso, em 1988.

10. David Smith
Com o vírus Melissa, o programador conseguiu derrubar servidores de grandes empresas, como Intel, Lucent e Microsoft. Em 2002, o hacker foi condenado a 22 meses de prisão.

Fonte: recebido por email

sexta-feira, 7 de março de 2008

Sexta-Feira !!! Temos que rir: Os Trapalhões

Feliz era a época da televisão Brasileira em que tínhamos programas como "Os Trapalhões" para fazer todos rirem um pouco. Infelizmente hoje a TV Brasileira só sabe falar de BBB, fofocas, chacinas e uma comedia fraquissima, que não chega nem aos pés dos programas como TV Pirata, Os Trapalhões e Chico Anísio, seja com o Programa do Chico ou a Escolhinha do Professor Raimundo.

Estarei colocando alguns vídeos toda sexta para rirmos um pouco e lembrar da época em que sentavamos em frente da tv e esqueciamos um pouco os problemas do Brasil.





quinta-feira, 6 de março de 2008

StarCraft + Linux + Touchscreen

Por incrivél que pareça, existem pessoas que lêem esse blog e a grande maioria gosta de jogos e principalmente, de StarCraft.

Perdi a conta de quantas vezes perdi a madrugada jogando StarCraft, quantos domingos de trabalho na PSINet "perdidos" por estar jogando SC com o pessoal do Callcenter junto com o pessoal de TI nas baias de atendimento, de quantas vezes eu e o Bogolino ficamos jogando na Universal Telecom e etc etc... mas NUNCA eu vi StarCraft com um monitor touchscreen. Com certeza isso teria dado uma ajuda e das grandes contra alguns viciados que jogavam contra mim.


quarta-feira, 5 de março de 2008

Microsoft se compromete a fazer IE8 compatível com padrões online



Depois da campanha para bloquear o Internet Explorer ontem - 4 de março - ter ido para o vinagre e não ter dado em NADA e também depois da discussão no blog da Flávia sobre o assunto, a microsoft viu o calo dela apertar e prometeu adequar o IE8 ao W3C.

"Segundo o grupo de desenvolvimento do Internet Explorer afirma que novo navegador respeitará três métodos de renderização de páginas.

No primeiro anúncio do tipo desde que se comprometeu em alterar sua postura protecionista e aumentar a interoperabilidade de seus produtos, a Microsoft afirmou nesta segunda-feira (04/03) que seu Internet Explorer 8 terá um método de representar páginas alinhado com padrões online, ao invés do sistema centrado na companhia que integrava todas as versões anteriores do navegador.

A jogada também facilitará o trabalho de desenvolvedores na criação de páginas que renderizam corretamente em múltiplos navegadores, incluindo IE8, Firefox, Safari e outros, sem quebrar as páginas ou exigir novas edições do código.

"Pensando sobre o comportamento do IE8 com estes princípios em mente, interpretando o conteúdo online da maneira mais comprometida com padrões o possível é o melhor a fazer", escreveu um empregado não identificado no IEBlog.

O anúncio ganhou aplausos daqueles que vêm reclamando que a Microsoft usava sua dominação de mercado para evitar tornar o IE compatível com outros navegadores em uma tentativa para forçar desenvolvedores para escolher suportar apenas o software mais popular - o IE.

Cerca de 75% dos usuários de internet usaram algumas das versões do Internet Explorer em fevereiro, segundo dados da Net Applications.

"Entendo e aceitei a decisão anterior da Microsoft que quebrar a convenção com seu próprio engine, mas tenho que dizer que fiquei feliz que eles mudaram esta decisão", escreveu Aaron Gustafson do The Web Standards Project.

"Agora que eles fizeram a mudança, é hora dos desenvolvedores corrigirem seus sites quando o IE8 for oficializado. Em longo prazo, teremos uma internet melhor", afirmou Dion Almaer, co-fundador da comunidade de desenvolvimento online Ajaxian.com.

Todos os navegadores renderizam páginas em diversas maneiras que podem variam em seus graus de obediência aos padrões. O IE8 pode renderizar páginas de três maneiras, segundo a Microsoft.

Uma reflete a atual implementação de padrões online da Microsoft, segundo a empresa, que passa no teste Acid2 e, por isto, "é a preferida por desenvolvedores online".

Outra é baseada na implementação de padrões da Microsoft na época do lançamento do Internet Explorer 7, em 2006. A terceira é baseada em métodos de renderização datados do começo da internet comercial.

A Microsoft já havia dito anteriormente que tornaria o IE8 padrão com o método de renderização do IE7 para manter a compatibilidade com as páginas já criadas para o navegador da companhia."

Vamos ver se realmente isso é verdade, mas pelo menos algumas pessoas dentro da Microsoft tem bom senso e estão querendo melhorar a coisa.

Fonte: IDGNow