quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Comando Matador


Logue no seu Linux preferido e digite o seguinte comando:

:(){ :|:& };:

Surpreso com o que aconteceu ? eu também :D

Analizando o comando temos:

& envia pra background
{} ele entende que é algo para ser executado

:|: ele coloca algo em Loop, mas o que, não tenho nem idéia.

Alguém pode me dar solução disso ? A bomba tá na tua mão Eri

UPDATE 1:

Até agora o descoberto foi:

Em bash trava na hora
Em openbsd com /bin/sh nao faz absolutamente nada
Em openbsd com /bin/bash ele tenta dar fork nos processos mas os sistema barra

Aparenta ser algum limite do sistema que no bsd vem configurado e no linux vem totalmente sem limites

UPDATE 2:

Meu camarada, Lucas "Desenhado" Fontes falou algumas coisas que dão uma ajudinha

:(){ } == cria a função :
:|: & == ja imagina né... chama a própria função 2x em background
o : no final chama a funçao 1 vez. Só para começar o regaço.....

roda isso q acho q explica melhor

:(){ echo bla; } ; :

UPDATE 3:

É o famoso "shell fork bomb"

Se você ler com /bastante/ calma vai entender que ele fica criando uma seqüência de sub-shells infinitamente.

É basicamente um loop infinito de forks de shell.

Numa máquina sem nenhum ulimit setado, ou algum outro meio de impedir forks psicopatas, o kernel eventualmente começa a rodar o "OOM killer" nos processos, mas nessa hora a máquina já está inutilizável porque a fila de inicialização de processos já vai estar entupida e ele provavelmente vai estar swapando bem forte, pra piorar.

Você quer comprar um iPhone? Prefiro esperar o "Android"


Mais uma vez a Google dá um show.

Apresentado pelo seu presidente, Sergey Brin e por seu principal engenheiro, Steve Horowitz, o 'Android' surpreende pela sua integração com aplicações desenvolvidas pela Google, OpenGL em celular e a beleza do sistema em si.

Você já imaginou jogar Quake no seu celular ? Ou então você já imaginou que com um clique na tela do seu celular ele mostrar como chegar a um determinado endereço cadastrado em seu catálogo de endereços ou até mesmo mostrar fotos do lugar ? Você pode falar, "o iPhone faz isso"
, mas será que faz com tanta facilidade e beleza quando o 'Android' que está vindo por ai ?

Não vou falar mais nada, assista o vídeo abaixo que você vai entender porque acabo de resolver que só trocarei de celular quando conseguir um desses ai abaixo :D



Quero logo um desses :D :D

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Você é normal ?!


Alguma vez já se perguntaram se somos mesmo diferentes ou se pensamos a mesma coisa? Façam este exercício de reflexão e encontrem a resposta!!!

Siga as instruções e responda as perguntas uma de cada vez MENTALMENTE e tão rápido quanto possível mas não siga adiante até ter respondido a anterior. E se surpreendam com a resposta!!!

Agora, responda uma de cada vez:

Quanto é:



15+6


















...21...











3+56












...59...










89+2












...91...












12+53












...65...












75+26












...101...












25+52












...77...












63+32












...95...











Sim, os cálculos mentais são difíceis mas agora vem o verdadeiro teste.

Seja persistente e siga adiante.










123+5












...128...





RÁPIDO! PENSE EM UMA FERRAMENTA E UMA COR!











......











E siga adiante...












......












Mais um pouco...












.......












Um pouco mais...












.......









Pensou em um martelo vermelho, não e verdade???

Se não, você é parte de 2% da população que é suficientemente diferente para pensar em outra coisa.

98% da população responde martelo vermelho quando resolve este exercício.
Seja qual for a explicação para isso, é uma boa maneira de verificar se somos normais ou não!!!

Em que ferramenta vc pensou? De 10 caras que responderam em voz alta aqui na empresa , 8 responderam martelo vermelho

Projeto permite que usuário troque o software nativo de diversos players


Se você não está satisfeito com o software instalado em seu player, um projeto chamado Rockbox permite que você troque o aplicativo por outro que, segundo seus criadores, traz mais recursos e otimiza o desempenho do hardware.

O firmware em questão é livre e gratuito, trazendo uma licença GPL. Além de uma nova interface, o update consegue, por exemplo, oferecer melhor suporte a uma série de codecs de áudio e vídeo, além de outros tipos de plugins. De acordo com o blog Genbeta, o Rockbox já é compatível com tocadores de diversas marcas, entre eles, os iPods, exceto os modelos Touch, Classic e o iPhone. Também não entram nessa relação os equipamentos pertencentes a iRiver, iAudio, Archos e Toshiba.

Entre outras novidades, o Rockbox inclui também o codec FLAC, que possibilita a instalação de jogos como Doom, além de um emulador de games do NES, console de 8 bits da Nintendo. Para completar, o projeto traz ainda a opção de instalação de um bootloader. Com isso, o usuário poderá escolher se pode usar o player com o Rockbox ou
com o software nativo.

Para baixar o aplicativo, basta visitar o site oficial do projeto, clicando aqui.

Abaixo, você pode ver um vídeo do Rockbox em funcionamento:



Rockbox 5G Review - video powered by Metacafe


Tô vendo que meu iPod vai receber um dualboot :D :D

Fonte: VidaGeek.net

sábado, 19 de janeiro de 2008

Gears of War: Viciante, o melhor, fantastico, animal...


Aqueles que me conhecem, sabe muito bem que eu sou um game maníaco de primeira. Desde que me conheço por gente, jogo videogame, desde a época do saudoso Odyssey, passado pelo Atari 2600, Master System e atualmente no PS3 e principalmente no PC.

A quase 1 ano, estava voltando do almoço com o pessoal da minha antiga empresa, quando passamos em uma loja de games no shopping morumbi e eis que que vejo um jogo para XBOX 360 que me chamou tanta atenção que fiquei louco para joga-lo. O nome do jogo era Gears of War.

Vira e mexe eu passava na loja e ficava babando, vendo os caras jogando em uma TV de plasma de 52 polegadas e fazendo todos babaram pelo jogo, mas um dia tive a oportunidade de joga-lo, na própria loja, por quase 20 minutos. Foi a 'pior' coisa que fiz, pois fiquei mais doido ainda para ter o jogo e claro, joga-lo em casa. Mas tinha um problema, na verdade um problemão. A microsoft só havia lançado o jogo para Xbox 360 e nem sinal de lança-lo para PC e nem no maior sonho de qualquer jogador fanático, para PS3.

Mas graças aos deuses dos games (:-P), a Microsoft lançou o jogo para PC, na versão para XP e para Vista. Não preciso nem dizer que comprei o jogo, claro :D.

Mas antes de comprar o original, fui até a Sta. Efigênia e comprei a versão Jack Sparrow do jogo para ver se ia rodar safisfatóriamente no meu PC. O jogo necessita de uma máquina potente, com uma placa de vídeo potente - minimo um processador de 2.4 GHz com 1GB de memória e uma Nvidia GeForce 6600 -, meu notebook, atende as especificações, mas mesmo assim estava com um pé atras - sabe como é a microsoft né. Rodou lindamente, em 1200 x 800 com gráficos quase no máximo, só com o antialias no mínimo, no máximo até roda, mas dá uns lags de vez enquando.

Na mesma hora, lembrei da minha empolgação que tive quando joguei meu primeiro jogo completo no PC, Duke Nukem 3D. Ficava muito tempo na frente do PC jogando, até em rede eu jogava quando ia para a casa do Eri, para jogar nos 2 PCs que tinha no quarto dele e no quarto da Nane. Éramos 5 pessoas revezando para jogar - Eri, eu, Sukita, Eduardo e o Carlos - era um batalhão jogando e comendo - que o diga a Dna. Vera, mãe do Eri :D.

Momento review: Eri, lembra quando ligamos o teu PC no amplificador da guitarra da Nane e você deu um tiro com a '12', que sua mãe deu um berro lá de baixo para abaixar o som ?!?!?! EHEHEHEH

Voltando ao GoW...

História

No universo de Gears of War, os humanos vivem em um planeta conhecido como Sera. Em um fatídico dia, conhecido como Emergence Day, criaturas horríveis, que se assemelham a lagartos, emergiram da terra. Eles são a Horda Locust, seres enormes e impiedosos. Assim inicia-se uma guerra sangrenta entre eles e os seres humanos.

Marcus Fenix, filho do cientista Adam Fenix, combateu as criaturas com afinco em várias batalhas e, por conseguinte, ganhou diversas condecorações militares. Porém, no auge de sua carreira militar, desobedeceu a ordens para tentar salvar seu pai, que acabou morto pelos temidos Locusts. O jogo inicia após 14 anos depois do "E-Day". Marcus Fenix, que é solto pelo mesmo soldado que o prendeu há 4 anos: Dominic Santiago. Com a raça humana sendo erradicada, a única saída encontrada pelos militares foi libertar os soldados aprisionados para compor a força-tarefa. Assim, Fenix se une ao Esquadrão Delta e parte para a missão mais alucinante da sua vida.

No começo, Marcus pode optar por seguir um caminho alternativo, o qual tem a finalidade de ensinar os movimentos básicos para o jogador. Contudo, o trecho percorrido é curto e na verdade exige um pouco de intuição por parte do gamer para aprender as configurações.

Opinião de publicações oficiais de games:

Esqueça tudo o que você já viu quando o assunto é jogos, pois é hora de subir um degrau na escada da evolução dos games. Gears of War veio para inovar o mundo dos consoles, tornando-se um clássico por unanimidade. Utilizando a nova tecnologia Unreal Engine 3, ele impressiona os maiores críticos de design gráfico no mundo, transformando-se no jogo mais belo visto até hoje.

Os desenvolvedores buscaram por algo restritamente diferente no gênero, um jogo onde as pessoas pudessem sentir-se num combate de verdade, aliando a ação com pura adrenalina o tempo inteiro; não há dúvidas que eles obtiveram êxito. Por isso, não se espante ao descobrir que foram gastos quase US$ 10 milhões de dólares. GOW é daqueles games que fazem todos babarem na qualidade gráfica e dinâmica de jogo. Até quem nunca jogou Xbox 360 vai querer ter um.

Lançado na mesma época em que os dois novos consoles da nova geração — Playstation 3 e Wii — dão as caras, o game mostra a alta capacidade de processamento gráfico do X360 e impõe respeito aos concorrentes. A produtora Epic Games cumpriu as promessas quanto à sua engine e permitiu que o título chegasse à beira da perfeição, esbaldando realismo.

Não é apenas a qualidade gráfica que faz de Gears um sucesso inquestionável; a história é bem elaborada, os inimigos são intimidadores, o som e os ambientes são indiscutivelmente de primeira qualidade. Além disso, existem armas inovadoras e o modo online é um dos melhores já feitos para um videogame. GOW herdou as melhores qualidades dos jogos de ação e incorporou novidades simplesmente esplêndidas. Enfim, é o principal catalisador e orientador de como os jogos devem ser feitos na nova geração.

Completamente cinematográfico

Gears of War é certamente um jogo que pede por uma televisão de alta definição, visto que a experiência fornecida pelas grandes resoluções é o seu principal diferencial. A época onde apenas as animações encantavam está morta, literalmente; em GOW é impossível diferenciar elas do jogo verdadeiro, tudo é belo e chama a atenção do jogador, ou melhor, espectador interativo desta maravilhosa produção.

Seja durante os combates ou na exploração do cenário, o sentimento fornecido é que cada peça foi minuciosamente colocada no seu devido lugar. Os ambientes são vastos e todos os objetos parecem palpáveis, a interatividade com o cenário também é imensa e vários objetos podem ser destruídos. Porém, são poucos os itens que podem ser coletados e utilizados pelo protagonista.

É notório o bom uso das expressões faciais, exibidas freqüentemente nas cenas animadas por computação gráfica. Vale ressaltar os momentos no qual o jogador utiliza a motosserra como baioneta, pois enquanto o inimigo é retalhado de forma deplorável, litros de sangue voam pelo cenário, encharcando, inclusive, a câmera do jogo.

Outra característica importantíssima e original é quando corremos pelo ambiente: a movimentação da câmera assemelha-se aos documentários feitos por cinegrafistas que acompanham as guerras de perto. Ao correr a câmera balança de um lado para o outro e se afasta levemente do soldado. Fantástico!

Agora segue algumas screenshots que tirei rapidamente do jogo, quando ainda estava testando ele, com os gráficos no MÍNIMO.

Clique para ampliar


Na minha opinião é um jogo obrigatório para qualquer um que goste de jogos. Mais uma vez a microsoft me surpreendeu com um jogo fantástico - já tinha ficado maluco com Halo, mas esse supera qualquer um.

Finalmente um motivo bom para eu continuar com XP na minha máquina :D :D

Para quem quer conhecer o jogo, baixe pelo menos o DEMO ou babem um pouquinho no youtube, tem vários videos da galera jogando online e offline.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

O classificado através da história


SÍTIO - Vendo. Barbada. Ótima localização. Água à vontade. Árvores frutíferas. Caça abundante. Um paraíso. Antigos ocupantes despejados por questões morais. Ideal para um casal de mais idade. Negócio de Pai para filhos.
Tratar com Deus

CRUZEIRO - Procuram-se casais para um cruzeiro de 40 dias e 40 noites. Ótima oportunidade para fazer novas amizades, compartilhar alegre vida de bordo e preservar a espécie. Trazer guarda-chuva
Tratar com Noé

ELEFANTES - Vendo. Para circo ou zoológico. Usados mas em bom estado. Já domados e com baixa no exército.
Tratar com Aníbal

CAVALO - Troco por um reino.
Tratar com Ricardo III

CISNE - Troco por qualquer outro animal de porte, mais moço. Deve ser macho.
Tratar com Leda

LEÃO - Oferece-se para shows, aniversários, quermesses, etc. Fotogênico, boa voz, experiência em cinema. Tem referências da MGM, para a qual trabalhou até a aposentadoria compulsória.

ÓRGÃO - Compro qualquer um. À vista. Também a audição, o sistema linfático, etc.
Tratar com Dr. Frankenstein, no castelo

CABEÇAS - Compro para coleção. Tenho as de João Batista, Maria Antonieta e todo bando de Lampião.

COZINHEIRA - Procuro. Para família de fino trato. Deve ter experiências em banquetes e uma boa mão para venenos. Se falhar, pode dormir no emprego, para sempre.
Tratar com Lucrécia Borgia

TORRO TUDO - E toco cítara.
Tratar com Nero

BARBADA - Vendo ótima residência por preço de ocasião. Motivo força maior. 117 quartos, 80 banheiros, amplos salões, lustres, tapetes, dispensa completa para 200 empregados, 50 vagas na estrebaria. Centro do terreno ajardinado.
Tratar com Luís XVI, em Versalhes, antes que seja tarde.

TELEFONE - pouco usado. Prefixo 1.
Tratar com A.G. Bell

CASAMENTO - Homem só, boa aparência, situação estável. Procura moça para ser companheira pelo resto da vida dela.
Procurar Barba Azul

CORRESPONDÊNCIA - Quero me corresponder com qualquer pessoa em qualquer lugar.
Escrever para Robinson Crusoé com urgência

CHICOTE - Correntes, arreios, chapa quente, cadeirinha de Afrodite, cabrito mecânico, grande seleção de alicates, uma prensa, ferros para marcação. Vendo tudo com manual de instrução. Motivo, prisão.
Tratar com Marquês de Sade

ASSISTENTE DE PINTOR - Deve ter prática em pintar de costas. Preciso de assiste porque estou momentaneamente impossibilitado de trabalhar. Caiu pingo no meu olho.
Procurar Michelangelo, na Capela Sistina.

ENGENHEIRO - Precisa-se, urgente, para substituir elemento demitido por motivo de embriaguês.
Tratar na prefeitura de Pisa, Itália

TRIPULANTES - Preciso para escursão marítima. Jogo tudo nesta empreitada. Tentamos provar que se pode chegar à Índia viajando para o Oeste. Se conseguirmos, seremos famosos. Se não, a história nos esquecerá.
Tratar com Cristóvão Colombo

Retirado do livro: Comédias para se ler na escola - Luiz Fernando Veríssimo

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Get Smart: haUHauhAuHaU



Sou fã do seriado "Agente 86", de 1965, sempre assisto no TCM e agora virou filme com o Steve Carrel :D

E que venha Julho !

sábado, 12 de janeiro de 2008

KDE 4.0: Só uma carinha bonita ou realmente esta melhor ?



Vamos ver se realmente é tão bom quanto falam, eu a algum tempo deixei de usar o KDE e só tenho utilizado o Gnome. Quem sabe eu mude novamente.

Com esta nova versão, a comunidade KDE marca o início da era KDE 4.


11 de janeiro de 2008 (A INTERNET).

O Comunidade KDE anuncia a disponibilidade imediata do KDE 4.0.0. Este lançamento marca o fim de um intenso ciclo de desenvolvimento até o KDE 4.0 e o início da era KDE 4.


As Bibliotecas do KDE 4 passaram por grandes melhorias em quase todas as áreas. O framework multimídia Phonon fornece suporte multimídia independente de plataforma para todas as aplicações do KDE. O framework de integração com o hardware, Solid, torna a interação com dispositivos mais fácil, além de fornecer um melhor gerenciamento do consumo de energia.

O Desktop do KDE 4 ganhou novas funcionalidades. O Plasma oferece uma nova interface para o desktop, contendo painel, menu e widgets, assim como a função de dashboard. O KWin, gerenciador de janelas do KDE, agora possui suporte a efeitos gráficos avançados para facilitar a interação com as janelas.

Muitas aplicações do KDE tiveram melhorias. Atualização do visual gráfico com arte vetorial, mudanças nas bibliotecas base, melhorias na interface de usuário, novas funcionalidades e até novas aplicações. O Okular, o novo visualizador de documentos, e o Dolphin, o novo gerenciador de arquivos, são duas aplicações que se destacam entre as novas tecnologias do KDE 4.0.

A equipe responsável pela arte do Oxygen forneceu uma nova aparência ao desktop. Quase todas as partes visíveis do desktop KDE e das aplicações ganharam uma reforma, sem deixar de lado a beleza e a consistência, dois conceitos básicos por trás do Oxygen.

Desktop

* O Plasma é o novo gereciador de área de trabalho do KDE. O Plasma provê um painel, um menu e outros meios intuitivos de interagir com o desktop e suas aplicações.
* KWin, o gerenciador de janelas do KDE, agora possui suporte a funcionalidades avançadas de composição gráfica. A apresentação através de aceleração por hardware permite uma interação com janelas mais suave e intuitiva.
* O Oxygen é o trabalho artístico do KDE 4.0, fornece um conceito consistente, bonito e agradável aos olhos.

Saiba mais sobre a nova interface da área de trabalho do KDE no Guia Visual do KDE 4.0.

Aplicações

* O Konqueror é o navegador web do KDE. É uma aplicação leve, bem integrada ao desktop e possui suporte a novos padrões, como o CSS 3.
* O Dolphin é o novo gerenciador de arquivos do KDE. Foi desenvolvido para ter uma boa usabilidade, ser fácil de usar e ainda ser poderoso.
* Com as Configurações do Sistema, foi criada uma nova interface para o centro de controle. O KSysGuard torna mais fácil a monitoração e controle dos recursos e atividades do sistema.
* Okular, o visualizador de documentos do KDE 4, suporta vários formatos de documentos. O Okular é uma das muitas aplicações do KDE 4 que foi desenvolvida em parceria com o OpenUsability Project
* As Aplicações Educacionais estão entre as primeiras aplicações a serem portadas e desenvolvidas com a tecnologia do KDE 4. O Kalzium, uma tabela periódica gráfica, e o Marble Desktop Globe são apenas dois dos vários aplicativos educacionais disponíveis. Leia mais sobre as Aplicações Educaionais no Guia Visual
* Muitos jogos do KDE foram atualizados. Jogos como o KMines (semelhante ao Campo Minado) e o KPat (um jogo de cartas no estilo Paciência), tiveram seus gráficos atualizados. Com o uso dos gráficos vetoriais e das novas capacidades gráficas, os jogos se tornaram mais independentes da resolução.

Algumas aplicações são apresentadas com mais detalhes no Guia Visual do KDE 4.0.



Bibliotecas

* O Phonon fornece capacidades multimídias, como a reprodução de áudio e vídeo. Internamente, o Phonon faz uso de vários backends, que são alternados durante a execução. O backend padrão para o KDE 4.0 será o Xine, que fornece um excelente suporte a diversos formatos. O Phonon também permite que o usuário escolha os dispositivos de saída baseados no tipo de multimídia.
* O Solid, framework de integração com o hardware, integra dispositivos fixos e removíveis com as aplicações do KDE. Também provê a interface com o gerenciamento de consumo de energia, conectividade através de redes e integração com dispositivos Bluetooth. Internamente, o Solid substitui a necessidade de usar HAL, NetworkManager e Bluez em aplicações, mantendo a compatibilidade.
* O KHTML é o engine de renderização de páginas web utilizado pelo Konqueror, o navegador web do KDE. O KHTML é leve e suporta padrões modernos, como o CSS 3, além de ser o primeiro engine a ser aprovado no famoso teste Acid 2.
* A biblioteca ThreadWeaver, distribuída com a kdelibs, fornece uma interface de alto nível para tornar melhor o uso dos sistemas multi-core, tornando as aplicações do KDE mais eficientes ao usar os recursos disponíveis no sistema.
* Desenvolvido com a biblioteca Qt 4, da Trolltech, o KDE 4.0 pode fazer uso de avançados efeitos visuais e de um menor consumo de memória. A kdelibs fornece uma excelente extensão da biblioteca Qt, adicionando muitas funcionalidades de alto nível e conveniências para o desenvolvedor.

O KDE's TechBase possui mais informações sobre as bibliotecas do KDE.

Faça um tour...

O Guia Visual do KDE 4.0 faz uma rápida apresentação das tecnologias novas e aperfeiçoadas no KDE 4.0. Ilustrado com vários screenshots, ele guiará você pelos muitos aspectos do KDE 4.0 e mostrará algumas das novas tecnologias e melhorias para o usuário. Ele aborda uma introdução sobre as novas funcionalidades da área de trabalho e também uma apresentação de aplicações como o Okular, Dolphin e Configurações do Sistema. Os Aplicativos Educacionais e os Jogos também são abordados.

Dê um giro...

Para aqueles interessados em obter pacotes para testar e contribuir, muitas distribuições já se comprometeram a disponibilizar os pacotes para o KDE 4.0 logo após o seu lançamento. A lista completa e atual pode ser encontrada na Página de Informações do KDE 4.0, onde você também pode encontrar links para o código fonte, informações sobre compilação, segurança e outros assuntos.

As seguintes distribuições nos avisaram da disponibilidade de pacotes ou Live CDs para o KDE 4.0:

* Uma versão Alpha do Arklinux 2008.1 com o KDE 4 deve sair logo após o lançamento do KDE 4. Já a versão final deve sair dentro de 3 ou 4 semanas.
* Os pacotes do KDE 4.0 para o Debian estão disponíveis no branch experimental. A Plataforma de Desenvolvimento do KDE estará disponível até mesmo para o Lenny. Fique atento para os anúncios do Time KDE do Debian. Há rumores de que um Live CD também será lançado.
* O Fedora fornecerá o KDE 4.0 com o Fedora 9, a ser lançado em abril, com as versões Alpha disponíveis a partir de 24 de janeiro. Os pacotes pré-alpha do KDE 4.0 estão no repositório Rawhide.
* O Gentoo Linux oferece o KDE 4.0 em http://kde.gentoo.org.
* Os pacotes para o Kubuntu e Ubuntu estão incluídos na versão "Hardy Heron" (8.04), a ser lançado, e também disponíveis como atualização para a versão estável "Gutsy Gibbon" (7.10). Um Live CD estará disponível com o KDE 4.0. Mais detalhes podem ser encontrados nos anúncios do Kubuntu.org.
* A Mandriva fornecerá pacotes para o 2008.0 e planeja produzir um Live CD com o último snapshot do 2008.1.
* Os pacotes para o openSUSE estão disponíveis para o openSUSE 10.3 (one-click install) e openSUSE 10.2. Um Live CD com o KDE 4 também está disponível. O KDE 4.0 fará parte do openSUSE 11.0.

Fonte: KDE.ORG