terça-feira, 23 de outubro de 2007

Apple demite 800 empregados por tentativa de fraude


O que se passa na cabeça de 800 pessoas que têm cobiçados empregos na Apple e resolvem se queimar por US$ 100? Bom, certamente elas terão um bom tempo para pensar no assunto. Isso porque essa leva de gente resolveu usar de malandragem para faturar este valor em cima de seu empregador e acabou se dando mal.

Explica-se: no ato do lançamento do iPhone, Steve Jobs prometeu presentear cada funcionário da Apple com uma unidade do aparelho, sendo que a palavra foi devidamente cumprida. Ok.

Eis que poucos meses depois, quando apresentava sua nova linha de iPods, Jobs anunciou uma redução de US$ 200 nos iPhones de 8GB mas, diante dos protestos daqueles que pagaram US$ 600 pelo primeiro lote, o CEO e fundador da Apple concedeu um bônus de US$ 100 que deveria ser gasto em produtos da própria empresa.

E o que um grupo de 800 empregados que havia recebido o aparelho gratuitamente fez? Eles se passaram por compradores do primeiro lote de iPhones e cobraram o crédito de US$ 100 da Apple. Resultado: a companhia descobriu a fraude e demitiu todos de forma sumária.

Como diz o ditado:


O defeito do malandro é achar que todo mundo é trouxa”.

Fonte: IDGNow

Nenhum comentário: