sábado, 5 de maio de 2007

OLPC esclarece: Nada de Windows no Laptop


Surgiram alguns boatos que o LPC seria distribuído com Windows como sistema operacional, mas isso é totalmente desmentido pelos responsáveis pelo projeto(clique para ver a matéria original).

E realmente isso faz muito sentido, pois se é para ter um custo de no máximo U$175,00, seria totalmente inviavél o pagamento de um S.O proproetário, o que faria com que o preço do OLPC aumentesse consideravélmente.

Mas enquanto isso, os testes do OLPC estão indo de vento em popa no RS e no resto do país. Em entrevista a revista ARede (www.arede.inf.br), A professora Léa Fagundes, coordenadora do Laboratório de Estudos Cognitivos (LEC), da UFRGS, conta por que acredita no laptop XO para revolucionar os processos de ensino no país e algumas etapas do projeto.

"Essa máquina XO é tudo o que a gente sonhou, queria, e nunca conseguiu” . Quem diz é a professora Léa Fagundes, referindo-se ao laptop da ONG One Laptop per Child (OLPC).

“É um computador novo, o primeiro criado para ser usado na educação”, destaca. Ou seja, não é mais a adaptação forçada, para as escolas, de um equipamento feito para escritórios.

Dos 400 XOs previstos para a escola de Porto Alegre, contudo, chegaram apenas cem, em janeiro, dos quais somente 50 haviam sido liberados na alfandêga, até o final de março. A coordenadora do LEC lamenta que ainda haja, no governo e na indústria, muita oposição ao projeto da OLPC. Isso acontece, argumenta Léa, porque a Intel, fabricante do equipamento concorrente, o ClassMate, estaria oferecendo um pacote completo ao país — capacitação de professores, conteúdos curriculares, logística de transporte, tudo. “O problema é que o ClassMate é um PC, não muda nada no sistema de ensino”, critica ela.

Bom, como isso é Brasil, pode se esperar de tudo, principalmente a não realização completa desse projeto por questões como esse acima detalhado pela professora, de empresas concorrentes tentando levar vantagem - e com certeza algum político também - e isso suja o nome do projeto.

A entrevista completa pode ser lida no site da Revista ARede: Revista ARede

Para saber mais sobre o projeto "Projeto UCA - Um Computador por Aluno", entre no site da LEC:
http://www.lec.ufrgs.br/index.php/Projeto_UCA_-_Um_Computador_por_Aluno

E contribua para o desenvolvimento desse projeto no país, e quem sabe teremos um futuro melhor para as nossas crianças. Eu já estou participando.

Nenhum comentário: