quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Quanto maior o problema, menor é a solução


Porque sempre que necessitamos de uma solução rápida para um problema que pode custar caro, sempre encontramos a solução na última tentativa ?

Seria culpa do tal de Murphy ? Talvez seria culpa de nós mesmos que muitas vezes subestimamos o problema, achando que não existe problema que nós não podemos solucionar.

Mas o que é certo é que na maioria das vezes o problema esta embaixo do nosso nariz e não conseguimos enxergar.

Um exemplo disso é um caso que aconteceu a alguns meses atrás, em que depois de quase 24 horas tentando instalar um Fedora Core 6 em uma máquina com 3 Hds SCSI com uma controladora Adaptec, descobrir que por causa de um JUMPER, o GRUB não conseguia ser instalado.

Isso mesmo, um JUMPER AZUL errado na sequência dos Hds, fez com que um trabalho de 40 minutos se estendesse por quase 24 horas.

Devemos sempre prestar a atenção nas pequenas coisas, porque existe aquele velho ditado "os melhores perfumes estão nos menores frascos", só que na nossa área é:

"Os grandes problemas estão nos pequenos JUMPERS".

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007

Quanto menos alguém sabe, mais ganha

Meu amigo Sidrack vive dizendo quando encontra alguém que não tem aquele feeling com T.I:

"Esse cara é um tapado, mas sabe o que é pior ? Ganha mais do que eu..."

Sempre concordei com ele, mas agora temos uma fórmula que prova que isso realmente é verdade, clique no link abaixo e confira.

Quanto menos alguém sabe, mais ganha

Jornal do Sysadmin

Para quem ainda não conhece o site SysAdmin - The journal of UNIX and Linux systems administrators, vale a pena dar uma passadinha por lá, pois tem muita coisa interessante.

No ar desde 1992, é uma publicação mensal de diversas matérias/Howtos e etc sobre a nossa área.

E o mais interessante é o modo em que é feita essa publicação, que tanto impressa(paga), Online(browser) e via Shell Script(faça download aqui).

Nunca tinha visto nenhuma revista em que voce lê diretamente no seu terminal, uma forma diferente e totalmente dentro do nosso dia-a-dia. Uma coisa que percebi é que existem matérias publicadas no site que a Linux Magazine tem "copiado" para a sua publicação mensal.

Acesse: http://www.samag.com/

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007

Servidores Híbridos

Entrando na nova moda que é falar de aquecimento global, preservação da natureza e etc etc etc, abordaremos uma assunto o tanto quanto inusitado.

Chegará um dia em que teremos problemas com o acumulo de sílicio dos nossos antigos servidores, PCs, Notebooks e etc e isso poderá se tornar um grande problema ambiental, pois não teremos como reciclar e reutilizar esses materiais.

Pensando nisso, um conjunto de pessoas resolveram inventar um servidor híbrido, composto de um servidor comum e pão de forma.

??
Isso mesmo, mas apenas uma pequena parte do "Pão Pullman" está sendo utilizado:



É exatamente isso que voces estão vendo, uma placa de rede presa ao gabinete da maquina com aqueles "arames" de amarrar saco de pão.

Já tinha visto todos os tipos de gambiarra, mas essa esta sendo uma das campeãs. E o pior de tudo é que isso esta em produção e é um serviço muito vital para o local aonde a maquina esta instalada.

São essas coisas que acabam com a nossa reputação, que faz com que todos os Sysadmins sejam tachados de "fazedores de gambiarras", mas devo admitir, na falta de placa de rede de perfil baixo, use uma arame e uma alicate, voce será muito feliz.

15 minutos diários



Temos que tomar cuidado para não sermos englidos pelo nosso trabalho.

Faça do seu trabalho um prazer e não uma obrigação.

Tire pelo menos menos 15 minutos diários para encher o saco da pessoa que esta ao seu lado, conte piadas, fale besteira, faça alguém rir... e se alguém vier encher a sua paciência porque esta animando o ambiente, mande essa pessoa - principalmente se for seu gerente - pescar ou até mesmo beliscar a parede.

Você fazendo isso o ambiente de trabalho ficará menos pesado e mais prazeroso.

Tome cuidado, senão você vai acabar se tornando parte interina do seu PC ou até mesmo da empresa que trabalha.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007

Uma questão de cultura

Seria muito mais fácil para todos que trabalham na nossa área, se todos fizessem os devidos testes antes de enviar um problema que esta ocorrendo para um nivel superior ao seu.

Um exemplo clássico disso são mensagens de erro que são extremamente fáceis de se entender e de ver aonde esta o problema - se está servidor ou se está no cliente - e um exemplo disso são os MAILER-DEAMON da vida, que só falta a mensagem de erro pular da tela e bater na cara do cidadão e falar "Olha criança !!! O erro é esse aqui ó !!".

Qual a dificuldade de encontrar o verdadeiro problema nessa mensagem ?

fulano@pastelaria.com.br: host mx.pastelaria.com.br[200.155.101.222] said: 554
Sorry, no mailbox here by that name. (#5.1.1) (in reply to MAIL FROM command)

A dificuldade se chama preguiça de ler e "já que não vai ser a minha pessoa que vai resolver o erro, vamos passar para os que estão de plantão as 4 da manhã para eles verem isso"

Outro clássico é acreditar incondicionalmente na palavra de quem esta com problemas e não testar para ver se realmente esta com problema e cai novamente na frase acima "já que não vai ser a minha pessoa que vai resolver o erro, vamos passar para os que estão de plantão as 4 da manhã para eles verem isso"

Volto a defender a minha antiga tese:

Necessitamos criar uma Carteira de habilitação junto com um curso de Inglês e teste de Q.I para todos os que querem mexer com T.I

Treinamento

É incrivél como uma piada pode se aplicar com tanta veracidade na vida de quem trabalha com T.I

Um índio entra com toda calma no saloon, com uma escopeta numa mão e um balde de bosta na outra.

- "Cavalo Galopante" querer café.

O garçom lhe serve uma xícara, que ele esvazia num gole só, a seguir joga o balde de bosta para cima, dá-lhe um tiro certeiro, espalha merda pra todo lado e vai embora.

Na manhã seguinte ele retorna ao saloon, pede outro café e pergunta porque ainda não limparam tudo.

O dono do bar corre imediatamente pro balcão e diz:

- Como é que é !!! De jeito nenhum !!! A gente ainda nem conseguiu terminar de limpar a sua estripulia de ontem e você ainda tem a audácia de voltar aqui, sem nem ao menos dar uma explicação?

Então o índio explica:

- Mim fazer curso management. Querer virar executivo. E ontem fiz trabalho prático. Mim chegar de manhã, tomar café,espalhar merda e desaparecer resto do dia... Hoje cobrar resultado.

É incrivél como isso se aplica direitinho no nosso dia-a-dia, houve uma vez que o "Cavalo Galopante" resolveu trocar o switch de uma hora para a outra, chegou no rack, desconectou todos os cabos, colocou o switch novo e falou

- "Se vira para vocês arrumarem os cabos nas mesmas portas e vlans que estavam configuradas..."

E depois dizem que a ficção não imita a realidade.

sábado, 17 de fevereiro de 2007

Sysadm também é cultura

Nem só de problemas e usuários - apesar que estou sendo redundante em falar problemas e usuários, mas deixa prá la - vive um sysadmin.

Se você quer se divertir, refletir em um ótimo programa cultural, recomendo que vocês vejam a peça de teatro Querido Mundo.

É um espetáculo que nos leva a uma reflexão dos valores humanos, e a uma avaliação de nossa auto-estima e autoconfiança, de uma maneira sensível e muito bem humorada.

Com direção de Rubes Ewald Filho e com os atores Maximiliana Reis e Jarbas Homem de Mello, é um ótimo espetáculo para quem não suporta cuica, tantan, pandeiro e etc, vá até o Teatro Gazeta, na Av. Paulista. As apresentações ocorrem Sextas e Sábados as 21h e aos Domingos as 20h

É diversão garantida, altamente recomendado.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007

Emails duplicados

Em mais um dia de peripécias dos nossos queridos usuários...

Um cliente que tem um servidor dedicado reclama que todos os emails que ele recebe estão vindo duplicado.

Até ai um problema que realmente pode acontecer, mas dando uma olhada no servidor, não encontramos nenhuma entrada duplicada nos LOGS e muito menos no MAILDIR da conta de email.

Passando para a hora dos testes, criamos um email na estrutura do cliente e fizemos diversos testes de envio para a conta e em nenhum momento, os emails são duplicados. PORÉM, CLARO e ENTRETANTO o cliente insiste que continua a receber os emails em duplicidade, sendo que estamos vendo no MAILDIR do cliente que não estao duplicando.

Então é a hora de pegar o cara pelas calças e fazer a pergunta mágica:

"Meu querido, por acaso você esta utilizando a opção do OUTLOOK de deixar cópia no servidor ?"

E a resposta é clara e objetiva:

"Sim, o fulano baixa a mensagem no computador dele e para confirmar se ele realmente recebeu as mensagens, eu baixo em outro lugar e confiro se as mensagens estão lá, mas assim que eu vejo que ele recebeu a mensagem, eu cancelo a operação antes de baixar todas as mensagens e toda vez que dou um "Enviar e Receber" baixa todas as mensagens novamente"

Bom, para um cara que diz ter certificados da MICRO$OFT, reclamar que os emails estão duplicando por fazer uma burrada dessas - de cancelar o recebimento e iniciar novamente - , eu acho que ele deve se reciclar novamente em alguma SoS Computadores da vida.

"Vai Veno ó!"

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

Santa ignorância Batman !!

Não sei como fico abismado ainda com as ignorâncias que existem na área de tecnologia.

Tive uma idéia a um tempão atrás de criar uma "Carteira de motorista" para pessoas que querem se aventurar na área de TI, até mesmo para usuário final que queria apenas navegar em seus sites de fofoca.
Digo isso porque mesmo provando por A + B para o cidadão que tal coisa esta correta ou até mesmo que tal coisa não existe/não dá para fazer e ele insiste em falar que EXISTE.

Um exemplo clássico disso é um cliente que falou que tinha configurado em seu servidor um SQUID transparente e autenticado (!!!!) e quando nosso amigo falou para ele que não existe isso documentado nem na documentação oficial do produto ele solta:

"MAS EU TENHO!!!"

É a vida !